Administrando Expectativas. Confissões De Uma Mulher Real!

Como Funcionam as Elevadas Expectativas que nos Impomos? 

Alcançar sucesso profissional, estar com o peso adequado, manter uma alimentação saudável e sem exageros, cuidar de cabelo, unha, pele, buscar o equilíbrio emocional e espiritual, nutrir os relacionamentos familiares e amizades, cuidar do dog e da casa, manter-se antenada nas noticias e, ainda, vestir-se de forma atual e descolada. Isso sem falar nas MÃES, que além de todas essas tarefas, ainda conseguem criar e cuidar de seus filhos!!!

São muitas as demandas que nós, mulheres, temos que dar conta!

blog juju gaspar

Pois bem, são tantas as cobranças que se torna bem difícil sentirmos que realizamos todas elas da forma como gostaríamos! Pelo menos em mim, a sensação de que falhei em alguma dessas áreas me gera um desconforto tremendo! E ai? Como lidar com todas essas questões? E mais: por que tantas cobranças? E o que é pior: por que sentimos aquela sensação de frustração quando as coisas não saem “perfeitas”?

Como Podemos Lidar com essas Cobranças? Identifique o ciclo vicioso!

Ao não conseguirmos atingir os resultados que nos impomos, entramos em um ciclo vicioso de nos sentir pessimistas, começamos a questionar nosso potencial, e a duvidar de nossa capacidade.

blog da juju gasparSe temos um desafio pela frente, nada mais importante do que sentir confiança para enfrentarmos o problema de frente, mas se já entramos nessa vibe, certamente, teremos mais dificuldades ou até desistiremos no primeiro obstáculo.

A conclusão a que se chega é: nos cobramos loucamente, colocamos metas espartanas em nós mesmos, em diversas áreas de nossas vidas, mas elas, muitas vezes, acabam nos puxando para baixo e distorcendo nossa visão para um ângulo muito mais duro sobre a vida.

Por que um padrão tão duro? Admita as Imperfeições!

Para piorar, quando entramos no instagram, os filtros, os tratamentos de imagem e os recortes de uma vida perfeita nos geram a impressão de que todos estão conseguindo alcançar suas metas pessoais, e que somos o único “patinho feio” na lagoa!

Talvez o que esteja por trás de tudo isso seja uma busca por aceitação e reconhecimento! Afinal, como cantava Cazuza:

“Quando ninguém olha quando você passa.
Você logo acha eu tô carente, eu sou manchete popular”.

blog da juju gasparNão tenho dúvidas de que existe uma idealização da vida muito diferente do que é a realidade, e de que eu devo começar a apreciar as minhas imperfeições e as imperfeições da vida. Talvez, assim, o peso que carrego, diariamente, será um pouco menor!

E vocês gatas? Compartilham desse drama?

Beijos

Juju Gaspar