Homens Infiéis, Mulheres Vítimas. Será?

Será que não estamos contribuindo com a infidelidade de nossos maridos?

Que os homens não prestam, que eles não conseguem ser fiéis e que nós, mulheres, somos portanto vítimas são idéias já muito difundidas.

Agora a questão que se coloca é: será que as mulheres não tem contribuído, de alguma forma, para que o homens busquem prazer fora da relação? Será que realmente somos injustiçadas e que estamos fadadas à dor da traição? Não existe nenhuma forma de mudar esse comportamento vicioso?

Sou casada há dois anos e confesso que esse sempre foi um dos meus grandes medos: a traição! Porém, de uns tempos para cá, revisitei esses pressupostos e acho que enxerguei algumas verdades que até então estavam adormecidas em minha mente. Assim, gostaria de dividir algumas dessas idéias com vocês.

Por que os homens traem?

Sei que é inegável que os homens tendem a trair suas parceiras mais do que as mulheres o fazem, agora o que comecei a questionar é a razão desse comportamento. Percebo que as mulheres, muitas vezes, acreditam que o que está por trás disso tudo é o simples fato de seu companheiro ter se atraído, fisicamente, por outra mulher.

Algumas pessoas, entenderam essa afirmação como machista. Veja como eu encaro o machismo (clique aqui). 

Mulheres CiumentasIsso para mim fica muito evidente quando vejo amigas e conhecidas, frequentemente, com as seguintes preocupações: mas meu marido trabalha com mulheres bonitas? Ou ele tem uma colega que é linda, e agora?

Contudo, com o passar dos anos, tendo a entender que o que realmente desperta o homem para uma outra mulher é muito maior do que a “rotina” do relacionamento a dois ou a beleza alheia.

Acredito que muitas mulheres acabam criando uma dependência emocional de seus maridos, às vezes, elas até são independentes financeiramente, mas do ponto de vista emocional, são completamente dependentes.

Por serem assim, desenvolvem comportamentos como: não querer dividir seu homem com mais ninguém, nem familiares nem amigos, ou cobrar o marido como se ele fosse a única fonte geradora de amor e prazer (uma vez que a mulher já não tem mais uma vida social independente do marido, não tem hobbies, ou sequer tem suas vontades e desejos bem definidos e claros). Dentro desse contexto, a mulher passa a dedicar toda a sua vida, energia e expectativas ao seu marido e à família, ainda que trabalhe, tornando-se pouco confiante.

Quais as consequências dessa dependência emocional?

Ao se configurar esse quadro, torna-se inevitável que a mulher passe a cobrar o marido por tudo, pela sua infelicidade, pelos seus vazios e pela sua falta de confiança.

Toda essa cobrança e peso, juntamente com uma mulher que não desenvolveu sua individualidade podem resultar em um relacionamento maçante.

Cobranças nos Homens.gif

O homem, que por natureza, já se sente com o dever de ser o provedor (em todos os sentidos) acaba se sufocando e buscando outras formas de alívio, eventualmente, a traição.

Saiba mais quais os sintomas, o funcionamento e como superar a dependência emocional das mulheres sobre os homens (clique aqui)!

Não tenho como intenção dizer aqui que o homem tem seus motivos para trair, porque, francamente, repudio essa postura, mas acho importante, nós, mulheres pararmos de olhar para a relação como se estivéssemos destinadas a uma traição, porque, simplesmente, essa é a natureza masculina!

Quando passamos a olhar para a situação conforme mencionado acima, encontramos espaço para atuarmos e tentarmos melhorar, ao invés de apenas nos queixarmos de algo que supostamente será inevitável!

É isso aí gatas! Não está fácil pra ninguém, mas bora correr atrás da nossa individualidade!! kkk

Beijos,

logo juju gaspar