A Dependência Que Nós, Mulheres, Ainda Não Combatemos

Somos Mulheres Independentes?

Apesar de algumas desigualdades financeiras e profissionais entre homens e mulheres persistirem, nós, mulheres, lutamos bravamente para conquistar essa independência e conseguimos avanços significativos. Parabéns a todas nós que nos engajamos nessa causa!

Indenpendencia Emocional 3

Porém, o que nós realmente buscamos quando projetamos uma vida profissional desenvolvida? Autonomia? Realização pessoal? Independência? Liberdade? Talvez um pouco de tudo isso?

Entendo que o real desejo da mulher não está apenas na independência financeira, trata-se de algo muito maior e profundo.

O que realmente buscamos na relação com nossos maridos?

Não quero dizer que a mulher não aprecia mais a ideia do casamento ou da família, muito pelo contrário. Elas continuam querendo fazer parte dessas relações, mas querem eliminar aquela sensação de submissão e de vitimização.

O real anseio da mulher está em construir uma família em que se sinta em igualdade com seu marido, que ambos estão igualmente envolvidos, que ambos desejam igualmente se esforçar para que a relação funcione.

Enfim, a mulher busca hoje a independência emocional em suas relações amorosas.

Como identificar a dependência emocional?

Essas são algumas características do que se denomina dependência emocional:

  1. Não saber ao certo o que fazer no seu tempo livre quando está sozinha;
  1. Ser excessivamente ciumenta;
  1. Achar que apenas ficará feliz quando a pessoa amada estiver feliz e ao seu lado;
  1. Ter uma tendência a querer a pessoa só para você;
  1. Ter dificuldades em impor seus limites;
  1. Ter medo de dizer não por receio de não ser mais amada;
  1. Ter verdadeiro desespero em atender a todas expectativas da outra pessoa.

Independência Emocional 5.gif

Como funciona a dependência emocional?

Por se tratar de uma dependência, essa questão emocional limita e bloqueia a pessoa que se sente dependente e sufoca a outra parte envolvida na relação.

Em uma dependência química, o dependente facilmente perceberá que tem um problema e que precisa ser tratado, já que julga não mais conseguir viver sem determinada substância.

Na dependência emocional, no entanto, as pessoas sequer se dão conta do seu problema, portanto, não buscam ajuda e continuam com os mesmos comportamentos, aumentando ainda mais a dependência, a insegurança e as cobranças!

Dependencia Emocional.gif

Como tratar a dependência emocional?  4 passos importantes!

  • O simples fato de trazer sua dependência emocional para o consciente faz toda a diferença.
  • Entender que você deve se bastar! Entender que o casamento, assim como qualquer relação deve ser uma escolha e não uma necessidade de sobrevivência, de tal forma que se a relação deixar de ser saudável, a separação pode ser uma solução.Indenpendencia Emocional 6.gif
  • Entender que qualquer pessoa também tem seus vazios e que ela não consegue sequer dar conta de si mesma, quanto mais do outro, ajuda. Assim como, buscar desenvolver seus hobbies, conseguir ter momentos de prazer com outras pessoas que não a pessoa com a qual se estabeleceu a dependência, também ajuda.
  • Tornar-se a sua própria fonte de amor! No meu caso, o que mudou tudo foi entender que apenas o amor de Deus será perfeito e capaz de me saciar totalmente. Nem o meu amor por mim mesma, nem o amor das outras pessoas conseguirão fazê-lo. Foi dessa forma que eu consegui parar de cobrar e cobrar e cobrar e ao invés de cobranças, transbordar amor para as pessoas que estão ao meu redor.

E aí, você é realmente independente?

Beijos

logo juju gaspar